O milagre dos pães e dos peixes.

Publicado por Nadiva Olivier em 16/05/2012 às 23h08

Não dá para entender o valor que se pede hoje por um imóvel em Porto Alegre. Qualquer apartamento custa os tubos e a pedida, mesmo para bairros menos prendados, é acima dos R$ 500 mil e atingindo com muita facilidade R$ 700/800 mil. E em geral não são construções que justifiquem este preço, a começar pelos materiais empregados e pelo espaço disponível – três quartos que na real deveriam ser dois.
E vendem. A questão é quem os compra, em que condições, qual o comprometimento de renda e quanto sobra de salário, ou ganhos outros. Outra coisa: eu tenho a impressão que se os corretores mostrassem aos potenciais compradores quanto custa o condomínio de um prédio cheio de acessórios como academia, piscina e jardins caros, e outro com o pretinho básico, cairia o queixo do distinto.
Ou então eu que estou enganado e a renda do povo deu um salto não detectado pelos mecanismos tradicionais e sobra grana. Se for isso, deixa o milagre bíblico da multiplicação dos pães e peixes no chinelo.

Transcrição de texto do jornalista Fernando Albrecht, de 15.05.2012, sobre os preços de imóveis no Rio Grande do Sul.

voltar para Blog

normalcase|tsY c15|show|||image-wrap b01 c15 bsd|news|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|login|fsN fwB|b01 c05 bsd|content-inner||